PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR
Local, horário e palestrantes

29/11/2019

VISITA A USINA DA CIPLAN
Tema: GESTÃO DE PAVIMENTOS NA VIA DUTRA (SÃO PAULO AO RIO DE JANEIRO)
Data: 29/11/2019
Vagas: 30
Local: Unidade da Ciplan
Horário: Saída às 08h30 – Retorno a definir após o almoço (Saída e retorno do Centro de Eventos e Convenções Brasil 21)

Sobre a Visita Técnica

Fundada em 1968, a CIPLAN foi uma das primeiras empresas instaladas em Brasília, sendo uma das poucas empresas de cimento genuinamente brasileiras que operam no país. Com forte presença em todo território nacional, atuando principalmente nas regiões Centro-Oeste, Norte, Nordeste e Sudeste, a CIPLAN possui em seu portfólio uma linha completa de produtos e serviços para construção civil que vai do básico às maiores inovações em tecnologia para o trabalho.

Cronograma

  • Apresentação da Empresa (Missão, Visão, Valores, institucional);
  • Palestra de impacto Profissional;
  • Instruções Segurança do Trabalho;
  • Tour na fábrica:
  • Considerações finais
  • Almoço no local (patrocinado pela CIPLAN

DER/DF CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E NÚCLEO DE SINALIZAÇÃO, ESCOLA VIVENCIAL DE TRÂNSITO

Data: 29/11/2019
Vagas: 30
Local: Sede e Parque Rodoviário do DER/DF
Horário: Saída às 09h – Retorno às 12h (No Centro de Eventos e Convenções Brasil 21)

Sobre a Visita Técnica

Essa visita tem como objetivo uma demonstração prática, dinâmica e inovadora de alguns dos serviços essenciais do DER/DF que busca a melhoria contínua da Segurança, Fluidez, Conforto e maior Mobilidade Urbana para os usuários do Sistema Rodoviário do Distrito Federal – SRDF. Iniciaremos com a saída, às 09h da manhã do dia 29/11/2019 (sexta-feira), do Centro de Eventos e Convenções Brasil 21. A primeira parada será na Sede do DER/DF para visita ao Centro de Controle Operacional – CCO, que é responsável pelo monitoramento através de diversas câmeras instaladas nos principais pontos de tráfego de veículos do Distrito Federal com intuito de melhoria na fluidez, fiscalização e controle do trânsito. É um serviço fundamental, pois assim se pode acionar com dinamismo e eficiência ações rápidas de desobstrução do trânsito em casos de acidentes, por exemplo.

Posteriormente seguiremos ao Parque Rodoviário do DER/DF, localizado em Sobradinho – DF, onde visitaremos a Fábrica de Placas (Núcleo de Sinalização), responsável por executar e controlar os serviços de sinalização vertical e horizontal (demarcações viárias), fabricação e recuperação de equipamentos e placas de sinalização que são utilizadas em todo o Distrito Federal.

Seguindo a visita técnica, nossa última parada será na Escola Vivencial de Trânsito – Trânsitolândia. Este lugar ímpar é um grande marco na história do Departamento, voltado à educação para o público que será o futuro do trânsito, as crianças! Entenderemos como funciona a Escola e teremos acesso à mini cidade que possui diversos itens de trânsito, como semáforos, faixas de pedestres, ponto de ônibus, ciclofaixa, equipamentos de fiscalização e outros, tudo em formato reduzido para melhor compreensão das crianças sobre a maneira correta de se portar no trânsito.

Ao final, retornaremos ao local de partida, no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, com previsão de chegada às 12h.

VISITA TÉCNICA – ESTADIO NACIONAL DE BRASÍLIA (Visita Técnica e Turística)

Data: 29/11/2019
Vagas: 30
Local: Estádio Nacional de Brasília
Horário:  Saída às 09h – Retorno às 12h (Saída e retorno do Centro de Eventos e Convenções Brasil 21)

Sobre a Visita Técnica

O Estádio Nacional de Brasília foi inaugurado em 1974, e possuía capacidade total para 45.200 pessoas. Após a reforma de 2010-2013, sua capacidade foi aumentada para 72.634 pessoas.

O estádio foi reformado e readequado para sediar a Copa do Mundo FIFA de 2014, possuindo uma das principais tenso estruturas do mundo e a maior cobertura do Brasil. A tenso estrutura é formada por um anel de compressão de concreto com 22m de largura, que suporta 48 cabos radias locked coil com 100mm de diâmetro, ligando ao anel de tração formado por 8 cabos locked coil de 95mm, cada um. O anel de compressão é apoiado em 288 colunas de concreto que sustentam o anel. Sobre os cabos radias, treliças suportam as membranas de PTFE. Placas fotovoltaicas estão sendo instaladas sobre o anel de compressão, para produção de 2,4MW de energia solar, o que levara o ENB ter sua certificação de qualidade em LEED PLATINUM.

Está previsto a construção de uma cobertura retrátil no núcleo, o que possibilitará a cobertura plena do estádio. O ENB compõe o Complexo Poliesportivo Ayrton Senna, que engloba também o Ginásio Nilson Nelson e o Autódromo Internacional de Brasília Nelson Piquet dentre outros.

Outras informações técnicas:

  • Início Reforma: 26/07/2010
  • Inauguração: 18/05/2013
  • Autor Projeto: Castro Mello Arquitetos
  • Calculista: Arthur Pitta Jr.
  • Construtor Reforma: Andrade Gutierrez/Via Engenharia
  • Construtor Cobertura: Entap/Birdair/Protende
  • Custo Total: R$ 1,4 bilhão
  • Capacidade: 72.634 assentos
  • Área Construída: 218.798,09m²
  • Área Ocupada (Estacionamento): 716.329,75m²
  • Área Coberta: 74.952,58m²
  • Altura Estádio: 50m (1º subsolo à cobertura)
  • Diâmetro Cobertura: 309m
  • Núm. Pilares: 288 – 3 por plano radial
  • Número Pavimentos: 7 + cobertura
  • Dimensões Gramado: 105x68m
  • Volume Concreto: 177.096,46m³
  • Peso Aço: 22.243,15tf

VISITA TÉCNICA – PONTE JUSCELINO KUBITSCHEK

Data: 29/11/2019
Vagas: 25
Local: Ponte JK
Horário:  Saída às 09h – Retorno às 12h (Saída e retorno do Centro de Eventos e Convenções Brasil 21)

Sobre a Visita Técnica

Local: Ponte JK

Data: 29/11/2018

Horário: Saída às 09h – Retorno às 12h (Saída e retorno do Centro de Eventos e Convenções Brasil 21)

Vagas: 25

Conhecida como Ponte JK, a ponte liga o plano piloto às regiões metropolitanas Lago Sul, Paranoá e São Sebastião. Ponte em curva, com raio de 3.150m, que se desenvolve em 1.200 metros de comprimento, com largura do tabuleiro de 24 metros. A estrutura principal da ponte é formada por três arcos oblíquos ao eixo curvo da ponte. Os arcos são de aço, com vão livre de 240 metros cada um.

O tabuleiro é uma estrutura de aço, ortótropa, sustentada por 16 tirantes formados por 31 ou por 41 cordoalhas galvanizadas de sete fios. Os tirantes são ancorados no tabuleiro e nos arcos com a mesma tecnologia de pontes estaiadas. O arranjo dos tirantes constitui uma estética peculiar e de grande impacto visual, formando um túnel aramado ao longo da ponte. De autoria do Arquiteto Alexandre Chan, o projeto da Ponte JK ganhou a Medalha Gustav Lindenthal em 2003 na International Bridge Conference em Pittsburgh.

Outras informações técnicas:

  • Início da Construção: 2000
  • Inauguração: 2002
  • Autor Projeto: Alexandre Chan
  • Construtor: Via Dragados/Usiminas
  • Custo Total: R$ 160 milhões
  • Ponte Metálica/Concreto: 3 arcos oblíquos
  • Comprimento Total: 1.200m
  • Largura do Tabuleiro: 24m
  • Vão dos Arcos: 240m
  • Altura Arcos: 60m
  • Largura Passeio de Pedestres: 1,5m
  • Pistas de Rolamento: 6 x 3,5m
  • Tabuleiros Suspensos: 3 x 200m
  • Trecho de Acesso: 2 x 220m
  • Área do Tabuleiro: 28.000m²
  • Profundidade do Lago: 23m
  • Gabarito de Navegação: 80 x 18m
  • Pilares: Acesso – 8
  • Arcos – 4
  • Estacas (Metálicas): 13.700m
  • Volume Total de Concreto: 39.800m³
  • Área Total Forma: 23.000m²
  • Peso Total Aço CA-50: 4.000tf
  • Estrutura Metálica: 12.580tf

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: TODAS AS VISITAS TÉCNICAS SAIRÃO DO CENTRO DE CONVENÇÕES BRASIL 21, com margem de tolerância de 10 minutos, com possibilidade de haver lista de espera para substituir aqueles que não compareceram no respectivo horário.