FONTE: NSC TOTAL

Prazo é de 30 anos e prevê investimento de R$ 150 milhões

O edital de concorrência para concessão da administração do aeroporto Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó, para a iniciativa privada, foi assinado nesta terça-feira pelo prefeito de Chapecó, Luciano Buligon.

O documento deve ser publicado nesta quarta-feira e, segundo o prefeito, dentro de 30 dias deve ser conhecida a empresa vencedora. As propostas e os documentos de habilitação devem ser encaminhadas para o setor de compras da prefeitura.

A concessão é por 30 anos e prevê investimentos de R$ 150 milhões. Inicialmente devem ser investidos R$ 15 milhões na ampliação do atual terminal. O projeto já está pronto pois o município estava pleiteando uma verba da Secretaria da Aviação Civil e do Governo do Estado, no valor de R$ 10 milhões. Como ele será concedido para a iniciativa privada não terá mais dinheiro público.

Em contrapartida a empresa vencedora poderá explorar as taxas de embarque, praça de alimentação, publicidade, estacionamento e até hotel.

De acordo com o prefeito o município vai economizar R$ 4,5 milhões por ano deixando de administrar o espaço. Além disso a expectativa é que sejam ampliados os voos com as melhorias.

Muitas pessoas têm reclamado dos valores das passagens. Recentemente a Associação Comercial e Industrial de Chapecó esteve com o presidente de uma das empresas que operam na cidade para solicitar mais voos. Chapecó teve 480 mil embarques e desembarques no ano passado.